• Whatsapp:
  • (33) 9.9946 - 1734

Portuguese English Spanish
ADMIN

ADMIN

Segunda - feira, 08 Fevereiro 2021 15:57

ORIKÍ DE NANÃ

ORIKÍ DE NANÃ

 

Okiti Kata, Ekùn A Pa Eran Má Ni Yan
Olu Gbongbo Ko Sun Ebi Eje
Gosungosun On Wo Ewu Eje
KO Pá Eni Ko Je Oka Odun
A Ni Esin O Ni Kange
Odo Bara Otolu
Omi a Dake Je Pa Eni
Omo Opara Ogan Ndanu
Sese Iba O
Iba Iye Ni Mo Mo Je Ni Ko Je Ti Aruní
Emi Wa Foribale Fun Sese
Oluidu Pe O papa
Ele Adie Ko Tuka
Yeye Mi Ni Bariba Li Akoko
Emi Ako Ni Ala Mo Le Gbe Agada
Emi A Wa Kiyà Onile Ki Ile

Compartilhar nas redes sociais
Segunda - feira, 08 Fevereiro 2021 13:24

OXALUFÃ

OXALUFÃ

 

O primeiro orixá a ser criado por Olodumaré, o Deus Supremo. Foi encarregado de criar o Mundo. No entanto, embriagou-se no caminho por culpa de Exú, que lhe ofereceu Uti Nibé (vinho de palmeira)e sua missão foi cumprida por Oduduwá, que liderando um exército de Imalês(guerreiros) comandados por Ogum, criou o Mundo, cumprindo assim a ordem de Olodumaré. Em suas diversas mutações temos na Nação Ketu: Oxanguian, Oxalufá, Obatalá e Oduduwá. Na Nação Angola: Lemba. Lembarangaga e Guaratinhanha. Em todas elas é o Senhor da VIDA, também chamado "senhor da boa argila", devido a uma antiga lenda na qual Oxalá usava este material para criar os seres humanos.

O  HOMEM  DE  OXALUFÃ

Sentimental, amoroso, carinhoso e muito sensual; assim é o homem de Oxalá. Com todas estas qualidades, é natural que as mulheres se interessem por ele, que, de quebra, costuma ter uma bela aparência física. E o que é melhor, tem um ótimo papo. Rei das festas e reuniões sociais, ele costuma escolher mulheres de corpo bonito, mas principalmente inteligentes e dinâmicas. Só que jamais revela o interesse pela pessoa que o atrai. Para conquista-lo é necessário levar em conta essas dicas e não desanimar. Ele vale a pena. Também, porque sonha com uma mulher fértil que lhe dê filhos, brindará sua amada com uma vida sexual variada, cheia de climas, que realiza com criatividade e carinho.

A  MULHER  DE  OXALUFÃ

É a mulher ideal para qualquer homem: preocupa-se com ele, quer agradar e faz tudo para ajudá-lo a se projetar na vida. Não tem vergonha de dizer que ama, desde que realmente ame. A filha de Oxalá é rigorosamente sincera em tudo o que faz. Só que é tímida, o que significa que jamais disputará um homem com outra mulher, e nunca demonstrará abertamente o seu interesse por alguém. Talvez, por causa desta sua forma retraída de ser, chama a atenção dos homens mas se interessa apenas por aquele que for amável, romântico e um perfeito cavalheiro. Este se surpreenderá com sua sensualidade depois que ele tomar a iniciativa e poderá ficar seguro quanto à sua fidelidade: a mulher de Oxalá não é nem um pouco volùvel.

  

Dia: Sexta-feira e Domingo

Número: 10

Côres: Branco, Marfim, Pérola, Prata

Comida: Canjica branca cozida com mel e coberta com clara batida em neve

Saudação: Exeu, Epá Babá, Axé!

Domínio: Oceanos, Rios, Céus, Montanhas

 

 

Compartilhar nas redes sociais
Segunda - feira, 08 Fevereiro 2021 13:17

OXAGUIÃ

OXAGUIÃ

Uma das mutações de Oxalá, ele é o jovem regente do coração, pulmão, membros e da circulação sanguínea, tendo como características fundamentais o domínio, a austeridade e o zelo. É a mais importante conjuntura do jogo de búzios e vem associada ao número 8, chamado de Ejonilé. Isso indica caminhos sem meio-termos, na base do tudo ou nada. Significa infinito em todos os sentidos: saúde, pobreza, sorte ou azar. Em sua origem lendária, Oxanguian foi o Rei de Ejigbo e ganhou fama por sua valentia. Gostava exageradamente de comer inhame triturado no pilão, prato que em Yorubá se chama Yan, o que lhe valeu o apelido de "orixá do Yan". Um dos seus principais símbolos é o pilão. Nas cerimônias religiosas, quando os filhos deles dançam, brandem um pilão e um escudo numa das mãos, e uma espada na outra. Durante as festas em sua homenagem, distribui-se a comida de sua preferência.

O  HOMEM  DE  OXAGUIÃ

Como resistir à sua postura, seu charme, sua elegância e sua voz rouca? É impossível para qualquer mulher, o que significa que aquela que pretende agarra-lo terá de enfrentar uma concorrência dura. Ele, por sua vez, terá sempre uma desculpa na ponta da língua para justificar suas conquistas. Não as leve em consideração. O mais provável é que tenha se lançado a uma nova aventura amorosa pelo simples fato de que é um cavalheiro e, como tal, jamais dirá não a uma dama. Mas há como dar o troco. Ele é ciumento e detesta concorrência. Portanto, o mais importante é nunca deixar que ele tenha certeza de que é a pessoa definitiva na vida de alguém.

A  MULHER  DE  OXAGUIÃ

Forte, independente e senhora de si. É assim que ela se apresenta por fora. Mas lá dentro, no seu íntimo, esconde-se uma outra mulher, que morre de medo de amar, mas tem a necessidade vital de encontrar um companheiro. Todo o resto é apenas uma "casca" que ela usa para se defender do amor. E chega a escudar-se em colegas e amigas para não ser notada. Mas fica difícil não reparar nela: é geralmente alta, de corpo bem proporcionado, olhar penetrante e um certo ar de indiferença no rosto. Para chegar até ela basta elogiar sua beleza e suas qualidades intelectuais. Aí, então, se tornará uma companheira dócil para homens machôes.

 

 

Dia: Sexta-Feira

Número: 08

Cores: branco e azul

Comida: canjica branca cozida com mel, coberta com azeite doce

Saudação: Exeu Epa Babá, Axé!

Domínio: Minas de Prata, Rios Quentes, Campos

 

Compartilhar nas redes sociais
Segunda - feira, 08 Fevereiro 2021 13:05

OXUMARÊ

OXUMARÊ

 

O Orixá Oxumaré (também conhecido como Oxumarê) representa a cobra arco-íris, que traz as características do animal como a mobilidade, agilidade e destreza. Ele mora no céu e viaja através do arco-íris para a Terra. Além disso, ele representa a fortuna, abundância, prosperidade e riqueza que são realizações importantes para o seu povo. Oxumaré é o caminho da felicidade e ele, e outros Orixás podem de ajudar em qualquer que seja o assunto que necessita. Confie na energia natural desses seres divinos e veja o que eles tem a dizer sobre sua vida e seu futuro por meio do jogo dos Búzios. Clique aqui! Na língua iorubá (yorubá), falada por muitos povos na África, seu nome tem uma grafia diferenciada, Òsùmàrè. No Brasil, o Orixá é conhecido com representatividade masculina embora algumas pessoas o relacionem a Oxum. Porém, sua conexão com o universo feminino se dá através da sua irmã gêmea, Ewá e em diversas representações ele, como uma cobra, enrola-se ao redor do corpo dela para protegê-la. Oxumaré representa a junção entre o masculino e o feminino, união que possibilidade a existência da vida, a água e a terra, a mortalidade e a imortalidade e tudo o que é duplo, ambíguo e opostos que se complementam. Ele é uma grande cobra que envolve a Terra com a sua cauda e assegura a integração do planeta e a renovação do universo regendo as transformações.

O HOMEM  DE  OXUMARÊ

Fascinante como o arco-íris e escorregadio como a cobra que representa o orixá, assim são os filhos do orixá Oxumaré, que se destacam onde quer que vá pela graça e inteligência no comportamento. Geralmente sabem se portar muito bem socialmente, fazem sucesso com o sexo oposto e com pessoas do mesmo sexo também. É possível prender esse homem fascinante através dos trabalhos espirituais que aumentem a sexualidade pois é pelo sexo que é possível amarra-lo.

A MULHER  DE  OXUMARÊ

O luxo e o amor livre são coisas que a filha de Oxumaré quer na vida, assim geralmente são fascinadas pelas jóias, e pelas roupas caras, e pelas aventuras e badalações, o que poderá ser difícil de sustentar e aceitar num relacionamento amoroso. Para firmar-se com uma filha do orixá Oxumaré você deverá entender que ela é muito independente, livre e não suporta amarras. Se aceitar isso terá uma grande companheira na vida.

Compartilhar nas redes sociais
Segunda - feira, 08 Fevereiro 2021 12:59

EWÁ

EWÁ

 

Ewá é a única divindade do Panteon Afro-Brasileiro que só responde na Nação Gêge. Ela é a Senhora das Ilhas e Penínsulas, apresentando-se como uma guerreira e ao mesmo tempo como um Ninfa, ora segurando a serpente Encantada, ora empurrando a balança de sua justiça particular. Em quaisquer dos casos, ela carrega em si o mistério da Origem dos planetas água e Terra. Entre ela e Obá-Olokum(Olissassa), Senhor dos Oceanos, o equivalente a Netuno, existe o elo que liga a origem da vida à continuidade da mesma. Por esta razão, todas as pessoas que são filhos ou filhas de Ewá, tem uma missão espiritual ou social no contexto do país onde nasceu e a visão de tudo. Ewá é a rainha do céu estrelado e dona da Ilha de Santa Catarina.

 

O  HOMEM  DE  EWÁ

Muito difícil, este homem parece vacinado contra o amor. Geralmente alto, de aparência, atraente e comunicativo, ele acha que ninguém é digno de amá-lo e coloca o afeto em segundo plano. Toda essa auto-admiração transforma-se num bloqueio difícil de vencer. Mas pode-se tentar. Uma idéia é desafiá-lo para fazer coisas que nunca tenha feito antes. Tipo levá-lo a um restaurante escondidinho" ou a uma praia deserta. Outra tática - esta é a mais importante - é deixar bem claro que a admiração que se tem pelo seu corpo. Que ele próprio acha o máximo, mas que nem por isso faz dele um bom parceiro sexual. É que o filho de Ewá é passivo demais nesse assunto e será preciso agarra-lo na marra. Lembrando sempre de elogiar os detalhes do seu corpo, "o mais bonito do mundo".

A  MULHER  DE  EWÁ

Ela tem traços inconfundíveis: cabelos vistosos, cintura e quadris acentuados e proporções perfeitas. Num grupo pode chamar sobre si as atenções de imediato ou então retrair-se à espera de que a "descubram". De qualquer modo, pelo seu comportamento ou pela sua aparência física, a filha de Ewá nunca passará despercebida, porque é uma misteriosa de guerreira, ninfeta e serpente. Dominadora, inteligente, só se liga em homens também especiais, porque adora ser desafiada por adversários fortes. Sexualmente, seu ponto fraco é o pé, e sua grande arma, os beijos melosos. Como parceira erótica, tem grande versatilidade: gosta tanto de dominar o homem quanto de se submeter a ele.

  

Dia: Quarta-Feira

Número: 15

Côres: Branco, Marfim, Vermelho, Coral

Comida: Batata-da-Terra cozida com azeite doce

Saudação: Hi Ho Ewá!

Domínio: Ilhas, penínsulas

Compartilhar nas redes sociais
Segunda - feira, 08 Fevereiro 2021 12:53

OBÁ

OBÁ

 

Foi a terceira mulher de Xangô e sua Lenda fala de uma terrível rivalidade entre ela e Oxum, sua segunda esposa. Sabendo do apetite de seu marido, procurava sempre surpreende-lo com pratos de que gostasse. Um dia, Oxum resolveu pregar uma peça em Obá e apareceu usando um lenço enrolado em volta da cabeça, escondendo as orelhas. Disse que havia preparado suas orelhas numa receita muito especial, e servido a Xangô. Querendo agradar seu esposo, Obá resolveu imitar a rival. Cortou uma de suas orelhas e preparou a receita para Xangô. Ele ficou furioso, e Obá, percebendo que havia sido enganada, entrou numa violenta luta corporal com Oxum . Mais irritado ainda, Xangô fez explodir todo o seu furor. As duas mulheres, apavoradas, fugiram e se transformaram nos rios que levam seus nomes. No ponto onde esses rios se encontram, existem corredeiras e as ondas se agitam, numa lembrança da antiga disputa entre elas.

O  HOMEM  DE  OBÁ

O homem de Obá geralmente é alto, de boa aparência, atraente, comunicativo e narcisista. Ele não acredita que alguém possa amá-lo mais do que ama a si próprio. Isto porque ele ele descobriu seu corpo desde criança e por tal motivo passou a ter auto-admiração tornando-se aparentemente invulnerável até que apareça alguém que lhe mostre o que ele pensa sobre si. Por ser normalmente um homem socialmente realizado, costuma encastelar-se no que diz respeito ao campo sentimental. Desafiá-lo para coisas que nunca tenha feito, parece uma boa tática para se começar. Uma praia não muito frequentada, um barzinho distante e qualquer lugar que a pessoa possa ficar com ele. Sexualmente é um homem difícil pois aprendeu desde cedo a admirar-se e, por conseguinte, a não depender de ninguém nessa área. Portanto ele é virtualmente passivo. Deve-se elogiar seu corpo bonito e em seguida conquistá-lo com amor mais louco que se possa fazer. Pronto, ele está definitivamente conquistado um dos homens mais difíceis na área sentimental.

A  MULHER  DE  OBÁ

A mulher de Obá carrega consigo um dos maiores mistérios da origem humana. Ela é ao mesmo tempo uma guerreira, uma ninfa e uma serpente. Mesmo que ela tenha nascido no interior, sempre procurará um meio de se aproximar do litoral e, uma vez nele, procurará estabelecer o seu domínio em ilhas, penínsulas e praias abertas. Traz geralmente traços inconfundíveis em sua aparência. Os cabelos são longos, ou curtos no estilo "batidinho". Se for magra, realça uma forma acentuada de cintura e quadris, se for cheia, realça da mesma forma suas medidas. Em uma festa, ela age de duas maneiras específicas: ou destaca-se e atrai a atenção de todos ou retrai0se à espera de uma oportunidade de centralizar atenções. Por ser uma mulher diferente, gosta de colecionar experiências, as vezes desastrosas por causa de seu temperamento dominante. Seus pontos fracos são a projeção social, as festas nas quais possa se destacar e homens inteligentes. Jamais se ligará definitivamente a um homem medíocre, pois adora ser desafiada constantemente

  

Dia: Quarta-Feira

Número: 15

Côres: Rosa, coral, branco e marfim

Comida: Batata-da-Terra cozida em azeite doce e Amalá

Saudação: Obá Xiré Yá!

Domínio: Terra, ventos, redemoinhos

 

 

Compartilhar nas redes sociais
Segunda - feira, 08 Fevereiro 2021 12:47

NANÃ

NANÃ

 

Divindade exclusiva da cultura Fanti-Ashanti, adotada posteriormente pela cultura yorubana. É a mais antiga Ayabá, originária da cidade de Late, em Gana. Nanã conserva consigo o segredo da criação do homem e da própria essência da vida, representando a memória transcedental do ser humano e seus antepassados. Sua origem lendária parece estar ligada aos povos que habitaram a África antes da chegada de Oduduwá. Por isso ela é a dona das águas paradas e dos pântanos, numa referencia às águas primordiais de onde Orunmilá criou a Terra. Nanan detêm o poder sobre os Eguns juntamente com Oyá e é a mãe de Xapanan.

O HOMEM  DE  NANÃ

De cada 500 homens que nascem, apenas um é filho de Nanan. Esta "estatística" já mostra que este é um tipo de pessoa especial do ponto de vista sentimental. É um homem bom, carinhoso, amigo e mão aberta quando se trata de cercar seu amor de cuidados. E isso é coerente com ele que gosta do que é belo, principalmente no que diz respeito à produção visual e é fã de uma vida social movimentada. Sexualmente, prefere parceiras passionais e precisa se sentir bastante desejado. Gosta de perceber se a pessoa amada sente ciúme dele mas não costuma ser feliz no primeiro amor, geralmente por culpa da pessoa com quem viveu. É certo também que tentará de tudo para conservar seu relacionamento e só desistirá dele quando sentir que não há mais saída .

A MULHER  DE  NANÃ

Capaz de tudo por um amor, embora na maior parte das vezes não demonstre isso à primeira vista, a filha de Nanan esconde também o seu lado erótico e sensual. Quem a vê, com aparência tranquila e distraída não imagina que para ela, sexo é uma prática sem limites. Seus pontos fracos são o ventre e os quadris, mas ela só revelará estes e outros segredos íntimos a um homem em quem confiar. E ele deverá preencher alguns requisitos: ser inteligente como ela, delicado, educado e um bom papo. Ela odeia o gênero machão, que a fará extremamente infeliz. O homem que a conquistar não terá do que se queixar: a mulher de Nanan é cúmplice e companheira em tudo e o fará muito feliz .

  

Dia: Terça-feira e Sábado

Número: 13

Côres: violeta, azul e branco rajado

Comida: Feijão fradinho cozido com mel

Saudação: Saluba Nanã, Axé!

Domínio: Pântanos,, igapós, charcos, lama

 

 

Compartilhar nas redes sociais
Segunda - feira, 08 Fevereiro 2021 12:41

YANSÃ

YANSÃ

 

Senhora da Tarde, dona dos espíritos. Senhora dos raios e das tempestades. Oyá, mais conhecida no Brasil como Yansã, foi uma princesa real na cidade de Irá, na Nigéria em 1450a.C.. Sobrinha-neta do rei Elempe e neta de Torossi(mãe de Xangô), conquistou com valentia, coragem e dedicação seu caminho para o trono de Oyó. Conhecedora de todos os meandros da magia encantada, nunca se deixou abater por guerras, problemas e disputas. Foi mulher de seu primo Xangô e ajudou-o a conquistar vários reinos anexados ao Império Yorubano. Porém, abandonou-o em defesa de sua cidade natal, disposta a enfrentá-lo. Oyá é a menina dos olhos de Oxalá, seu protetor, e a única divindade que entra no Ibalé dos Eguns(mortos).

O  HOMEM  DE  YANSÃ

O filho de Oyá é como o vento: instável e volúvel, e isso, em termos afetivos, significa que ele gostará definitivamente de uma pessoa. Agitado, apesar de não demonstrar, tem uma vida sensual e sexual extremamente inconstante, porque pula de um relacionamento para outro, na ânsia de conseguir tudo ao mesmo tempo. Seu maior prazer é viajar, conhecer gente e locais diferentes, sair fora da rotina. Adora festas, principalmente aquelas onde podrá mostrar que dança bem. Quem gosta de uma vida agitada, onde a palavra de ordem é a aventura, encontra nele o parceiro ideal. Só que, apesar de ativo sexualmente, precisa ser estimulado por uma parceira criativa.

A  MULHER  DE  YANSÃ

A mulher de Iansã é sempre aceita e admirada onde quer que vá. Não é do tipo que faz charme quando esta a fim de alguém: declara-se logo abertamente, da mesma forma que é rapidíssima para dar o fora em alguém. Nunca lhe faltarão admiradores, já que é dona de uma beleza natural que é a chave do seu sucesso. Não é vaidosa, mas se necessário, sabe se vestir e se comportar como uma rainha. Para estar ao seu lado, o homem precisa ser inteligente, bonito, sóbrio, bom papo e de preferência, místico. É uma mulher super ativa sexualmente e disposta a tudo para manter seu romance.

 

Dia: Quarta-feira

Número: 09 - 11

Côres: Vermelho, Branco com rosa

Comida: acarajé, romã, acarajé feito com feijão branco(ecuru).

Saudação: Eparrei  Oyá, Yá  Messorum

Domínio: Vento, ossários, cumes, jardins

 

 

Compartilhar nas redes sociais
Segunda - feira, 08 Fevereiro 2021 12:31

YÊMANJÁ

YÊMANJÁ

 

Yemanjá é a filha de Olokum, Deusa dos Oceanos. Deusa da foz dos rios e quebra-mares é associada aos rios na África, assim como Oxum e Obá. ciumenta, poderosa e atrante e quando invocada por quem realmente a conhece, propicia favores e ajudas inestimáveis. Conta a lenda que sua mãe Olokum, deu a Yemanjá um misterioso preparado em uma garrafa para ser usado em caso de perigo. Casada com um poderoso homem em Ilé Ifé, Yemanjá foge para Abeokutá e seu marido lança seu exército para trazê-la de volta. Em perigo, Yemanjá quebra a garrafa que sua mãe lhe dera e o líquido forma um rio que a leva para o mar.

O  HOMEM  DE  YÊMANJÁ

Detalhista e exigente, o filho de Yemanjá é´uma pessoa difícil de se tratar. Como tem um senso estético muito desenvolvido não tolera ter ao seu lado uma mulher desleixada e desarrumada. é extremamente ciumento e possessivo, embora não o demonstre. Essa sua característica gera muitas brigas ou pode levá-lo a adotar uma postura indiferente. Apesar disto ele é um bom companheiro, empenhado em harmonizar a vida a dois. A mulher que quiser conquistá-lo terá de entender ainda que a sua imagem sensual, reforçada pelo corpo bonito, esconde um parceiro sexual passivo, que espera que a companheira tome a iniciativa para então se soltar.

A  MULHER  DE  YÊMANJÁ

É aquela mulher que todo homem sonha em encontrar. Tem voz meiga e calma, é delicada e dona de uma beleza harmoniosa. Como uma verdadeira sereia, ela sabe direitinho como enfeitiçar os homens. É passiva no assunto coração e adora se sentir segura na presença do companheiro, que nunca poderá ser um homem fraco diante da vida. Esse companheiro encontrará na filha de Yemanjá uma grande disposição sexual e um imenso desejo de agradá-lo. Porém estas qualidades podem se transformar repentinamente. Por trás da aparência meiga e encantadora há uma mulher extremamente vingativa e ciumenta, que pode chegar ao extremo de abandonar por vingança a pessoa amada, ou então, só para magoá-lo manter um romance paralelo.

  

Dia: Sábado

Número: 04 - 09

Côres: prata - azul-claro, branco gêlo

Comida: manjar, pipoca de arroz com casca

Saudação: Eruyia ! Odô-iá !

Domínio: Maternidade e Pesca

 

 

Compartilhar nas redes sociais
Domingo, 07 Fevereiro 2021 23:22

OXUM

OXUM

 

Deusa dos rios , Oxum carrega consigo predicados de beleza, riquesa e a capacidade de projeção social. É uma ninfa da cultura yorubana, cidade Oshogbo, na Nigéria, está localizada às margens do rio Oxum. Ela é a dona do ovo, a maior célula viva. Na cultura Gêge-Vodú é conhecida como Aziri Tobossi. Conta-se que quando os orixás chegaram à Terra, costumavam se reunir sem a presença das mulheres. Aborrecida por não poder participar das deliberações, Oxum preparou sua vingança, trazendo a esterilidade às mulheres. Os orixás buscaram ajuda de Olodumaré, que explicou que sem a presença de Oxum nada poderia dar certo. Dengosa, ela demorou a aceitar o convite para que participasse das reuniões, mas finalmente concordou, e a fecundidade voltou.

O HOMEM DE OXUM

 Bonito, charmoso, de ar malicioso, arranca suspiros. Aliás, isso é o que esse homem mais gosta de fazer. Só que é preciso entender como ele joga o jogo da conquista. Em primeiro lugar, não demonstra seu interesse e não se compromete demais. Arma todo o esquema para que a mulher tome a iniciativa de chegar a ele. Sexualmente impetuoso, usa toda a sua inteligência e o seu requinte para dar um toque especial aos contatos amorosos. Fará, portanto, com que a mulher se sinta uma rainha. O problema é que gosta de fazer isso com todas as mulheres. Mas há como segurar um filho de Oxum. Trabalhe a sua vaidade, elogie-o muito, mas trate de fazê-lo notar que há outras pessoas interessadas na mulher que está ao lado dele.

A  MULHER DE  OXUM

 Para conquistá-la é preciso estar atento aos sinais que ela emite. A primeira coisa que a mulher de oxum faz quando está a fim de conquistar alguém é passar as mãos nos cabelos. Não espere jamais que ela demonstre interesse direto. Vai sempre chegar a pessoa amada através de outra. Tudo isso acontece porque a filha de oxum gosta de proteger das pessoas em qualquer lugar que esteja. É aquele tipo de mulher que não anda sozinha e está sempre acompanhada de uma amiga. Apesar disto, tem uma aparência chamativa: destaca-se pelos penteados, pela pele macia e bem tratada, pelo corpo hamonioso. Seu ponto fraco é a vaidade. Basta então para conquistá-la, elogiar sua beleza.

 

 Dia: Sábado

Número: 05 e 08

Côres: Amarelo ouro

Comida: Feijão fradinho com cebola e camarão (omolocum)

Saudação: Oraiêiêô fideriomã

Domínio: Água doce, rios, cachoeiras

 

 

Compartilhar nas redes sociais
Pagina 11 de 17

Please publish modules in offcanvas position.